Pedro Correia de Araújo no MASP

29/08/2017, Por

Talvez Pedro Correia de Araújo seja um nome que poucos associem ao Salão Revolucionário de 1931. Mas ao lado das obras de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Di Cavalcanti, estavam as pinturas do artista. De família Pernambucana, nasceu em Paris e, pela primeira vez, ganha mostra dedicada ao seu trabalho – de suma importância para a história da arte brasileira.

Pedro Correia de Araújo no MASP

No subsolo do Museu de Arte de São Paulo (MASP), Pedro Correia de Araújo: erótica reúne cerca de 70 obras pintadas entre 1929 e 1955, período que enfoca a sensualidade latente de suas produções. Retratando, especialmente, mulheres negras, o erotismo de suas telas se manifesta como algo racional e matemático, não se resumindo apenas na mera tentativa de expressão corporal e passando longe da estetização do mundo e dos objetos.

A exposição faz parte da programação do museu, que gira em torno do tema Histórias da Sexualidade. Dividida em quatro eixos (nus, danças, retratos e a série erótica), fica em cartaz até o dia 18 de dezembro de 2017.

Pedro Correia de Araújo no MASP

Museu de Arte de São Paulo – MASP

Endereço: Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP, 2º subsolo

Semana de Arte | São Paulo

15/08/2017, Por

Semana de Arte

Até o dia 20 de agosto, a cidade de São Paulo – o epicentro da vida cultural do país – estará ocupada pela Semana de Arte, que acontece no subsolo do Hotel Unique, nos Jardins. Um seleto time de galerias nacionais e estrangeiras se reúne capital paulista, juntamente com uma série de espetáculos de dança, música e teatro, além de atividades culturais exclusivas. Um must-visit para quem procura uma experiência singular!

Na lista de galerias, nomes de peso como Luisa Strina, Nara Roesler, Millan e Vermelho, Mendes Wood DM e Jaqueline Martins. Na ala internacional, destaque para as nova-iorquinas Luhring Augustine e Alexander and Bonin; Franco Noero, de Turim; Galleria Continua, de San Gimignano e Galería Elba Benitez, de Madri.

O calendário de eventos conta com um espetáculo da coreógrafa Helena Katz e uma leitura dramatizada do espetáculo Trata-me Leão, com Hamilton Vaz Pereira.

Em cartaz até o dia 20 de agosto de 2017.

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4700 – Jardim Paulista, São Paulo – SP

David Hockney no Tate Britain

07/04/2017, Por

Prestes a completar 80 anos, o britânico David Hockney ganha a mais completa retrospectiva das seis décadas de seu trabalho no Tate Britain, em Londres. Considerado um dos artistas mais populares e influentes do mundo, Hockney é conhecido por ter uma incrível habilidade para captar a essência e a personalidade de lugares e pessoas.

A exposição é uma explosão de cores. São 250 obras, entre pinturas, gravuras, fotografias e vídeos, ocupando 13 salas que misturam, pela primeira vez, seus clássicos quadros com obras inéditas.

Organizada de forma cronológica, a viagem começa nos anos 1960, quando ele ainda era aluno do Royal College of Art e suas pinturas eram uma experimentação com o abstracionismo; passando pelo período em que o artista morou em Los Angeles – o icônico ciclo das piscinas – até uma série de desenhos animados feitos recentemente em seu tablet e smartphone. Must see!

Em cartaz até 29 de maio de 2017.

Endereço: Millbank, London, SW1P 4RG

David Hockney

Give Me Yesterday

22/12/2016, Por

give me yesterday fondazione prada
 

A Fondazione Prada, em Milão, acaba de abrir um novo espaço de exibição na Galleria Vittorio Emanuele II. O Osservatorio promete ser todo dedicado à fotografia e às linguagens visuais, e dá o start em sua programação com “Give Me Yesterday”, mostra com curadoria de Francesco Zanot.

A exposição reúne trabalhos de 14 artistas de todo o mundo que exploram o uso da fotografia como um diário pessoal, e é nítida a inspiração no estilo de artistas icônicos como os americanos Nan Goldin e Larry Clark ou os europeus Richard Billingham e Wolfgang Tillmans.

Em um contexto caracterizado pela presença cada vez maior de aparelhos supermodernos sempre prontos para o próximo clique, e o compartilhamento ininterrupto de imagens pelas plataformas digitais, essa geração de jovens artistas utilizou a fotografia para registrar seus momentos mais pessoais e espontâneos que agora podem ser conferidos na mostra. Must see!

 
give me yesterday fondazione prada
 
Endereço: Largo Isarco, 2, 20139 Milano, Itália

Give me Yesterday

Kerry James Marshall: Mastry

06/12/2016, Por

Kerry James Marshall: Mastry exposição MET Nova York

 

O artista americano Kerry James Marshall nasceu em Birmingham, Alabama, antes da aprovação da Lei dos Direitos Civis, que garantiu mais igualdade entre negros e brancos. Mas ele era uma criança quando uma igreja batista foi atacada em 1963 causando a morte de 4 meninas e vivia em Los Angeles na época dos Tumultos de Watts.

Os acontecimentos que fazem parte da história americana e dos afro-americanos, foram absorvidos por ele e recontados em sua arte. Conhecido por suas pinturas em larga escala que rebatem as representações estereotipadas dos negros na sociedade, ele atualmente é tema da maior retrospectiva já criada em seu nome.

Com quase 80 obras, a exposição Kerry James Marshall: Mastry, no The Met Breuer, em Nova York, reúne pinturas, colagens e outros trabalhos que retratam o cotidiano como algo extraordinário e com uma explosão de cores, preenchendo uma ausência dos negros na história da arte ocidental.

 

Kerry James Marshall: Mastry exposição MET Nova York

Kerry James Marshall: Mastry exposição MET Nova York

 
Endereço: 945 Madison Ave, New York, NY 10021, EUA

Kerry James Marshall: Mastry

Página 2 de 171234...10...Última »